Se você ainda não ouviu falar do Sarrada no Ar, você está perdendo um dos maiores sucessos do momento no Brasil. Essa dança é baseada no Passinho do Romano, que teve origem nas periferias do Rio de Janeiro e se espalhou rapidamente por todo o país.

Os movimentos do Sarrada no Ar são extremamente sensuais e provocativos, incluindo a icônica sarrada, um balanço rítmico dos quadris que é executado no ar, simulando uma penetração. Os dançarinos também fazem uso de muitos movimentos das pernas e braços, incorporando uma mistura de sensualidade e atitude.

O ritmo do passinho é baseado no funk e pop, com batidas pesadas e animadas que combinam perfeitamente com a dança. Um dos maiores sucessos que incorporou o Sarrada no Ar foi a música Vai Malandra, de Anitta, que foi um marco para essa tendência cultural.

Embora alguns critiquem o passinho como sendo vulgar ou ofensivo, os fãs afirmam que é uma forma de expressão legítima. A dança é vista como uma forma de empoderamento para as mulheres, que podem exibir sua sensualidade e força, e também como uma forma de celebração da vida nas favelas e periferias.

O passinho do romano começou como um movimento periférico, mas rapidamente conquistou a atenção do mainstream, aparecendo em filmes, videoclipes e programas de TV em todo o Brasil. Também foi criado um campeonato nacional, com equipes de dançarinos competindo para ver quem possui o melhor sarrada.

Se você quiser aprender como fazer o Sarrada no Ar, existem muitos tutoriais e vídeos online que ensinam os movimentos básicos. Mas, como em qualquer dança, é preciso prática e dedicação para dominá-la, especialmente quando se trata de movimentos tão ousados como esses.

Se você ainda não se juntou à onda da Sarrada no Ar, chegou a hora de experimentá-la. Descubra a emoção de dançar esse passinho, ao som das batidas quentes do funk e pop, e sinta o ritmo contagiante que está conquistando o Brasil.